16 ago 2018

Hospital Municipal de Salvador ganha monitores que informam horários de ônibus em tempo real

A cada 30 segundos, o usuário visualiza as linhas que vão passar em frente ao hospital por meio de informações atualizadas através de GPS

O Hospital Municipal de Salvador (HMS) acaba de instalar monitores com informativos em tempo real dos ônibus que passam nos pontos próximos da unidade. A ação realizada em parceria com a Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) vai facilitar o dia a dia dos pacientes, acompanhantes e visitantes que utilizam transporte coletivo.

Os monitores recebem informações do aplicativo Cittamobi, sendo atualizados a cada 30 segundos. Dessa forma, o usuário do transporte público visualiza as linhas que param em frente ao hospital por meio de informações que são enviadas ao sistema e atualizadas por meio de GPS.

“Essa funcionalidade traz mais comodidade e conveniência, pois, com as previsões mais precisas e o acompanhamento dos horários dos veículos em tempo real, as pessoas podem programar sua saída para o momento certo, sem precisar enfrentar longas esperas pelo transporte”, destaca o secretário de Mobilidade, Fábio Mota.

A novidade faz parte dos esforços da gestão do HMS em melhorar o deslocamento de quem circula pela unidade. Antes da implantação dos monitores, já tinha sido feito um acordo com a Prefeitura de Salvador, por meio da Semob, para transferência dos pontos de ônibus para a entrada principal do hospital.

“Essas intervenções são uma demanda importante, tanto dos colaboradores quanto dos pacientes e acompanhantes, que agora podem, não só ter mais informações sobre o transporte de dentro do hospital, como também andarão menos para chegar ou sair da unidade”, avaliou o diretor do Hospital Municipal, Adalberto Bezerra.

 

Sobre o Hospital Municipal de Salvador

Inaugurado em abril de 2018, o Hospital Municipal de Salvador situa-se na Boca da Mata, próximo a Cajazeiras, onde são atendidos casos de urgência, emergência e ambulatoriais. Além de um completo parque de diagnóstico por imagem que oferece serviços de tomografia, ressonância magnética e endoscopia, possui um total de 210 leitos – 30 de UTI (adulto e pediátrico), 150 de clínica médica cirúrgica e 30 de clínica pediátrica. Também oferece atendimento domiciliar a 180 pacientes/mês que apresentarem condição de alta hospitalar, mas ainda necessitem de alguns cuidados assistenciais. O hospital é administrado pela Santa Casa da Bahia, que foi selecionada, enquanto Organização Social (OS), mediante chamamento público realizado pela Prefeitura Municipal de Salvador.